Antofa (tradução)

Original


Zona Ganjah

Compositor: Não Disponível

Sim, hoje é o tempo
De pôr em ordem este encontro
A mesa servida, venha tomar seu posto
Quem serve a comida é o que serve ao restante
Quem alimenta o povo e o mantém contente, o educa
E lhe dá seu tempo de decidir
De esquadrinhar sobre seu intelecto
O poder do conhecimento, o cimento
Comida básica da arieta se respeita
Se mastiga e se concreta, se digere
E se deixa quieta para que não haja
Engasgamento nem más digestões que produzam más informações
Somente boas ações
Para que não haja mais traições
Daqueles que se achamos melhores
Por fazerem só lindas canções
São belos sacanas que andam de jatos e reggatones
Puras questões que nos deixam no tempo
Pura balela e descontentamento
Mas este encontro tem argumento

Um novo experimento vindo do deserto
E concretizado neste tempo

É o momento, chega de mentiras, eu digo ao parlamento
Palavras vazias, que o vento leve
Um só sangue dessa gente represento
Lutando com força temos o fundamento
Selassie me dá força para dizer o que sinto
M dá energia, nem um deserto me para
Cresce a semente semeada em nossa terra
Não queremos guerra, fogo na rameira
A força do senhor é para quem quiser
Rasta brilha em nosso coração
Me afasta da babilônia
Não quero a sua distorção
Olhe para que essa gente possa abrir os olhos
Têm que tomar consciência deste mundo louco
Sempre lúcido porque não piro o coco
Em busca do reto, olhe, não me desloco
Babilônia se queima, parece que sobra pouco
Fogo aceso, eterno o amor
Que nos entregou nosso criador
Entendimento e razão a meu entorno anunciou
Para que não houvesse pertubação
Hoje chegou o momento, real educação
Unidos, glorificando a nosso criador
Dando graças e louvores ao leão conquistador
Haile Selassie I, eu e eu, redentor
Aquele que lhe deu a vida e todo seu amor
Aquele que no madeiro seus pecados pagou
Hoje no trono, sentado como rei dos reis, leão conquistador
Para ensinar a toda a nação
Com retidão de amor, com retidão de amor
Por aqui, mais outro ao exército de Jah
Batalhando, homem rasta, zg, zona ganjah
Lançando fogo em forma de palavras
Você saberá qual é a verdade quando sua mente enfim se abrir
Sairá deste sistema que te suga como o próprio chupa cabra
Muitas palavras e pouco entendimento
Muito pouca tinta pra escrever o que eu sinto
Muitos políticos e pouco movimento
E passa o tempo e nunca entendo
Como se atrevem a desafiar quem lhes deu a vida
Quem você pensa que é para decidir que planta está proibida
Fogo em quem pedir
Eu deixo que Jah meu destino decida
Ele cuida de mim e de toda a família, peço que a abençoe para que junta siga
Jah rastafari, leão conquistador
Damos graças e louvores em cada ocasião
Assim avança o rasta, entregando amor
Sempre caminhando e buscando o eu e eu
Rei selassie I, o único, o verdadeiro, é ele o primeiro
Imperador que almas adormecidas vem recuperando
Que deu um lema à minha vida
Esmagar a babilônia de todos os malvados
Jogar fora desta terra
E assim seguir com muita força nesta guerra
Conectados com aquele que nos sustenta, que nos mantém alerta
Porque o rasta sempre segue atento neste ambiente em que tudo mal está

Mas com muito amor tudo se conseguirá
Mas com muito amor tudo se conseguirá

Dê mais tempo a este argumento
Revise bem o que se diz no momento
Se é o tempo de firmar este cimento e levantá-lo através do tempo
Dê mais tempo a este argumento
Revise bem o que se diz no momento
Se é o tempo de firmar este cimento e levantá-lo através
Do tempo, dê mais tempo

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital